SHAMPOO DE MURUMURU PARA CABELOS CACHEADOS EM BARRA 100g - EKILIBRE

Código: 887

R$59,30


Entregas para o CEP: Alterar CEP
Calcule seu frete
amazonia aromaterapia bem estar cosmetica natural cuidados com o cabelo ekilibre produto vegano saboaria natural

Descrição

O Shampoo de murumuru em barra é prático. Um lixo a menos.

Limpa, hidrata e nutre os fios capilares em profundidade. Ideal para o método de lavagem capilar Low-Poo. Sem sulfatos e sem parabenos.

 

Benefícios:  Livre de corantes, fragrâncias artificiais,  silicones, conservantes sintéticos, liberadores de formol,  Triclosan, Parabenos, óleo mineral, derivados de petróleo, álcool etílico, e substâncias nocivas para nossa saúde e para o meio ambiente. Por serem produzidos com matérias prima naturais, pode ser usado em ambientes de natureza como rios e cachoeiras, sua espuma não agride o meio ambiente nem a fauna aquática. Vegano. Sem crueldade animal. Biodegradável .  Zero Sintético.  Slowbeauty . Animal-friendly.

 

Diferencial: Feito na Amazônia com Óleos vegetais extra virgens extraídos de maneira sustentável na floresta amazônica, por comunidades ribeirinhas locais. Contém menos de 10 ingredientes na formulação.  Ingredientes naturais podem variar quanto à cor e à consistência.

 

Composição: óleos virgens saponificados de palma, castanha-da-amazônia, coco de babaçu e pracaxi, manteiga de cupuaçu, manteiga de murumuru e óleo essencial de tangerina. Livre de óleos minerais/ Livre de parafina, silicones e corantes.

 

Modo de uso: passar a barra nos cabelos molhados, guardar a barra em local seco, sair da água, massagear os cabelos generosamente e enxaguar. Desnecessário condicionar em seguida, mas veja dicas de finalização logo abaixo.

 

Atenção: É importante destacar que no início do uso de um Shampoo natural, pode ocorrer um período de desintoxicação, marcado pela exclusão dos resíduos químicos dos produtos antes utilizados.

 

Este período de desintoxicação, se acontece,  dura, em geral, de uma a duas semanas, sendo possível estender-se até um mês. O cabelo pode se apresentar igual, diferente, estático.

 

Nesse período de adaptação o cabelo poderá ficar oleoso ou estático. O segredo é persistir no uso do Shampoo em barra natural. Depois da desintoxicação você sentirá a diferença, pois, perceberá  o excelente resultado.

 

Dica de finalização: Você pode finalizar seus fios após a lavagem com um destes: Creme capilar  Ekilibre Amazônia / Óleo vegetal de Buriti  Ekilibre Amazônia/ Óleo vegetal de Pracaxi Ekilibre Amazônia . Após a lavagem com Shampoo em barra, com fios ainda úmidos, pingue 2 gotas nos dedos limpos e passe  nas pontas, penteando comprimento e pontas com a mão para espalhar. Sem enxágue. Lembre que nossos produtos são concentrados. Vá experimentando até acertar a quantidade. Brilhe por aí e depois nos conte!

 

Quem me fez?

Uma pequena empresa de Alter do Chão – distrito do município de Santarém (PA) localizado às margens do Rio Tapajós, onde se formam belas praias nos períodos de estiagem, conhecidas como o Caribe Amazônico – fabrica artesanalmente cosméticos e produtos de higiene pessoal a partir de ervas, raízes, frutas e frutos conhecidos, há gerações, dos povos da floresta. Comunidades e cooperativas formadas por ribeirinhos assentados e indígenas são os fornecedores do empreendimento.

 

A Ekilibre Amazônia é o nome desta marca que nasceu  “dentro de casa” em Alter do Chão e, em pouco tempo, conquistou consumidores locais e turistas brasileiros e estrangeiros. Foi fundada por Kairós Kanavarro, um advogado paulista que desistiu da cidade grande e partiu para viver uma jornada turística e de autoconhecimento de 02 meses, mas, que acabou durando 05 anos, entre 2006 e 2010. O nome do negócio faz referência a duas palavras importantes para Kairós: equilíbrio (ambiental) e ‘libre’ – em espanhol significa livre, ou seja, liberdade.

 

Durante suas andanças, ele conheceu 14 países da América Latina. Chegou ao paraíso paraense em 2011, onde nasceu seu filho. Tudo aconteceu sem programação, apenas por intuição, diz ele. Hoje, Kairós é um empreendedor amazônico, responsável pela marca, formalizada em 2012, que produz 26 tipos de produtos originais da Amazônia, zero sintéticos, sem conservantes e considerados veganos, que promovem bem-estar, saúde e beleza. Fazem sucesso muito além da floresta e já são exportados para a Austrália, República Tcheca e França.

 

A maioria das fórmulas foi e continua sendo criada pelo próprio Kairós, um autodidata, que fez cursos técnicos de naturologia, durante um ano e meio em Belém, e sempre foi um grande admirador e observador de comunidades tradicionais. A Ekilibre conta com uma bioquímica responsável e todos os produtos possuem ficha técnica e são aprovados pela Vigilância Sanitária municipal e estadual, e também pela Anvisa, depois de resultado de teste laboratorial ter sido apresentado ao órgão em Brasília.

 

O empresário ressalta que 80% das matérias-primas são adquiridas de cooperativas da bacia amazônica, comunidades ribeirinhas e indígenas. Onze agrupamentos distribuídos nos estados Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia e Acre estão na cadeia produtiva da empresa de Alter do Chão. 

 

Práticas sustentáveis: Toda água utilizada no laboratório é tratada por meio de um biofiltro, composto por plantas e material orgânico, que devolve limpa a água, que já não possui contaminantes, pois os insumos da Ekilibre Amazônia são naturais. O saneamento é feito por um sistema fechado de bananeiras. “A gente devolve a parte sólida como adubo para a terra, que faz a bananeira crescer, dando frutos rapidamente. A água é devolvida por vapotranspiração de folhas; o sol bate na folha e puxa água da raiz”, explica Kairós.

 

As embalagens são em vidro, tecido e plástico reciclado, mas ele gostaria que todas fossem biodegradáveis. Em Alter do Chão, a empresa  recebe as embalagens devolvidas pelos clientes.

 

 

Kairós se sente gratificado pelo papel que a empresa está exercendo na economia local. “Sou um capitalista consciente. Quero que todo mundo fique bem. Comecei vendendo na praça. Acredito que o esforço pessoal leva a pessoa a evoluir”, conclui.

 

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade. Saiba mais

Estou de acordo