COLÔNIA ROLL ON MAGIA - AROMATERAPIA - EKILIBRE

R$53,50

R$42,80


Entregas para o CEP: Alterar CEP
Calcule seu frete
Descrição

As colônias Ekilibre foram pensadas para pessoas que querem levar o cheiro da floresta para o seu dia a dia, espalhar a sensação de liberdade e perfumar os ares. Andar perfumado está muito além do que o olfato pode sentir, carrega consigo a consciência de usar um produto que não agride o meio ambiente pelo fato de sua fórmula ser livre de metais pesados como o chumbo. Além de prático e compacto para carregar no bolso ou na bolsa e utilizar a qualquer momento. Todas as nossas colônias são feitas, à mão, com óleos extra virgens da Amazônia e óleos essenciais, sendo cada uma com um ativo particular.

 

Colônia Magia: Exótica e levemente cítrica são os termos mais adequados para descrever o que é a magia da Amazônia, assim apresentamos nossa fragrância. Seu principal componente, o óleo essencial de litsea cubeba tem o poder aroma terapêutico muito ligado à espiritualidade e clareza de mente, além de ser poderoso nos tratamentos da ansiedade. Sinta a Magia da floresta em você.

 

Uso: a qualquer hora, quantas vezes quiser, no punho, nas têmporas, na ponta do nariz, no antebraço.

 

Biodegradável . Vegano . 0% Sintético

Cruelty-free . Slowbeauty . Animal-friendly

 

Informação adicional

Peso: 20g

Dimensões: 3 x 3 x 10 cm

 

Quem me fez?

Uma pequena empresa de Alter do Chão – distrito do município de Santarém (PA) localizado às margens do Rio Tapajós, onde se formam belas praias nos períodos de estiagem, conhecidas como o Caribe Amazônico – fabrica artesanalmente cosméticos e produtos de higiene pessoal a partir de ervas, raízes, frutas e frutos conhecidos, há gerações, dos povos da floresta. Comunidades e cooperativas formadas por ribeirinhos assentados e indígenas são os fornecedores do empreendimento.

 

A Ekilibre Amazônia é o nome desta marca que nasceu  “dentro de casa” em Alter do Chão e, em pouco tempo, conquistou consumidores locais e turistas brasileiros e estrangeiros. Foi fundada por Kairós Kanavarro, um advogado paulista que desistiu da cidade grande e partiu para viver uma jornada turística e de autoconhecimento de 02 meses, mas, que acabou durando 05 anos, entre 2006 e 2010. O nome do negócio faz referência a duas palavras importantes para Kairós: equilíbrio (ambiental) e ‘libre’ – em espanhol significa livre, ou seja, liberdade.

 

Durante suas andanças, ele conheceu 14 países da América Latina. Chegou ao paraíso paraense em 2011, onde nasceu seu filho. Tudo aconteceu sem programação, apenas por intuição, diz ele. Hoje, Kairós é um empreendedor amazônico, responsável pela marca, formalizada em 2012, que produz 26 tipos de produtos originais da Amazônia, zero sintéticos, sem conservantes e considerados veganos, que promovem bem-estar, saúde e beleza. Fazem sucesso muito além da floresta e já são exportados para a Austrália, República Tcheca e França.

 

A maioria das fórmulas foi e continua sendo criada pelo próprio Kairós, um autodidata, que fez cursos técnicos de naturologia, durante um ano e meio em Belém, e sempre foi um grande admirador e observador de comunidades tradicionais. A Ekilibre conta com uma bioquímica responsável e todos os produtos possuem ficha técnica e são aprovados pela Vigilância Sanitária municipal e estadual, e também pela Anvisa, depois de resultado de teste laboratorial ter sido apresentado ao órgão em Brasília.

 

O empresário ressalta que 80% das matérias-primas são adquiridas de cooperativas da bacia amazônica, comunidades ribeirinhas e indígenas. Onze agrupamentos distribuídos nos estados Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia e Acre estão na cadeia produtiva da empresa de Alter do Chão. 

 

Práticas sustentáveis: Toda água utilizada no laboratório é tratada por meio de um biofiltro, composto por plantas e material orgânico, que devolve limpa a água, que já não possui contaminantes, pois os insumos da Ekilibre Amazônia são naturais. O saneamento é feito por um sistema fechado de bananeiras. “A gente devolve a parte sólida como adubo para a terra, que faz a bananeira crescer, dando frutos rapidamente. A água é devolvida por vapotranspiração de folhas; o sol bate na folha e puxa água da raiz”, explica Kairós.

 

As embalagens são em vidro, tecido e plástico reciclado, mas ele gostaria que todas fossem biodegradáveis. Em Alter do Chão, a empresa  recebe as embalagens devolvidas pelos clientes.

 

Kairós se sente gratificado pelo papel que a empresa está exercendo na economia local. “Sou um capitalista consciente. Quero que todo mundo fique bem. Comecei vendendo na praça. Acredito que o esforço pessoal leva a pessoa a evoluir”, conclui.

 

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade. Saiba mais

Estou de acordo