CHINELO CINZA MESCLA EM LÁTEX RENOVÁVEL DA AMAZÔNIA - SERINGÔ

Código: 682

R$79,90


Entregas para o CEP: Alterar CEP
Calcule seu frete
amazonia artesanal artesanato artesanato brasileiro calcados cultura indigena encauchado vegetal feito a mao floresta amazonica floresta em pe handmade inclusao social made in brasil preocupacao ambiental seringo sustentavel

Descrição

 

Quer levar a defesa do meio ambiente adiante? Faça isso calçando um chinelo 100% feito de recursos naturais renováveis da Amazônia, que adota técnicas de produção tradicionais de populações seringueiras, ribeirinhas, povos indígenas e quilombolas da região.

 

Esse chinelo da Seringô é de látex e microfibras de caroços do açaí e do abacate. É dessa mistura de compostos que nasce um calçado supermacio de você usar. E exclusivo também. Porque cada chinelo mesclado possui cores e grafismos únicos.

 

Fique atento também a mais detalhes que realçam as características incomparáveis do produto.Repare que, na parte superior do solado, estão reproduzidos os traços de folhagens nativas e que, na parte inferior, há desenhos que remetem à cultura marajoara.

 

Tudo isso representa a beleza da floresta tropical brasileira. Tudo isso é para conforto dos seus pés.

 

Ande logo, viva essa experiência.

 

Material Sustentável

Látex de seringueiras de manejo sustentável e microfibras de caroços de açaí e de abacate da Região Amazônica.

 

Quem faz

A Seringô é uma marca de diversos produtos sustentáveis da Amazônia. Além de tênis e chinelos, você também encontra objetos decorativos e utilitários da mesma marca.

 

Ela é fruto da união há mais de 30 anos do Polo de Proteção da Biodiversidade e Uso Sustentável dos Recursos Naturais (POLOPROBIO) com a Cooperativa de Produção dos Ecoextrativistas da Amazônia (Coopereco), de Castanhal (PA), em parceria com seringueiros, ribeirinhos, indígenas e quilombolas extrativistas nos estados do Acre, Amazonas, Rondônia e Pará.

 

Esse conjunto de atores estão envolvidos não apenas com a produção e comercialização de produtos, mas também em ações que aliam desenvolvimento comunitário, inovação e cultura. São cerca de 3.500 pessoas, em 75 comunidades, que participam de cursos de qualificação profissional ligados ao artesanato, colaboram no intercâmbio do conhecimento ancestral de populações locais com o conhecimento científico e mantêm vivo o manejo da floresta em pé.

 

Após mais de 30 anos de diferentes formações de funcionamento, atualmente a marca Seringô se desenvolve em unidades familiares, em que o homens extrai látex e produz borracha sem agredir o meio ambiente, a mulher trabalha com artesanato em casa, permitindo que ambos gerem mais renda, mantendo também outras atividade, como a pesca, a caça, o roçado para plantios e a colheita do açaí.

 

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade. Saiba mais

Estou de acordo